Como usar seu Orgonite e saber se ele está funcionando!

Olá meu amigo(a), neste post quero te ensinar a saber como usar o seu orgonite e verificar se ele está funcionando. Além disso, vou deixar 5 grandes dicas para te ajudar a usar o seu orgonite da melhor maneira possível…

Eu suponho que você já saiba o que significa “ORGONITES”, mas, por via das dúvidas, você também pode conferir o nosso artigo sobre o que é orgonite e quais os seus benefícios.

Caso já saiba o que significa, continue lendo esta publicação.

Então, vamos lá!

Como usar o seu Orgonite

Existem diversas maneiras para se utilizar o seu orgonite, todas dependendo das suas necessidades e quais são seus objetivos ao utilizar essas ferramentas tão poderosas, capazes de transformar energias negativas em positivas. A lista de usos pode ser vista a seguir:

  • Orgonites de uso pessoal – em forma de pingente, colar de orgonite ou de bolso
  • Orgonites de harmonização de ambientes – são peças produzidas para harmonizar ambientes maiores que 30m² e que pode ficar sob um móvel, na entrada ou num computador de escritório.
  • Orgonites Funcionais – são peças que tem utilidade como luminária, chaveiro, porta caneta, caixinha.
  • Orgonites para quartos – são peças produzidas para harmonizar ambientes menores que 30m² e que pode ficar sob um móvel, na entrada ou num computador de escritório.
  • Orgonites para terapia – pode ser utilizado para renovar a energia de uma sala de tratamento terapêutico, serve também para harmonizar energeticamente um paciente. Podendo ser aplicado direto no corpo do paciente ou próximo a ele, como embaixo da cama.

Como saber se o seu Orgonite está funcionando?

Uma das formas mais comuns de saber se o seu orgonite está funcionando é sentindo a própria energia do ambiente, se está parecendo mais leve ou mais pesada. Outra forma de medir se está funcionando ou não, é através de plantas e animais, visto que esses são mais sensíveis às energias.

Além disso, é possível medir se o seu orgonite está funcionando a partir de aparelhos medidores de íons que já são vendidos na internet.

Há… mas o orgonite não cria, não emite íons… sabe que até eu achava isso..

A questão é que ele não altera os íons diretamente no ambiente.

A orgonite quando colocada numa sala, por exemplo, e com o passar dos dias, contribui na limpeza energética do ambiente e com isso toda a energia é reconfigurada e equilibrada. O resultado é que os íons negativos (bons para a saúde) tendem a aumentar e estes aparelhos que mencionei podem medir isso.

Os aparelhos da radiestesia também são muito bons para medir a orgonite. (Pêndulo, Aurameter, Biômetro de Bóvis, entre outros).

5 Exercícios Para Sentir a Energia do Orgonite.

1) Deite-se confortavelmente na sua cama e relaxe por 5 minutos.

gato
Após acalmar os pensamentos e relaxar o corpo, pegue uma orgonite e coloque entre as sobrancelhas (na região do terceiro olho), relaxe com a peça ali por 10 minutos.
Se quiser ficar mais tempo, fique a vontade.
Neste processo, imagine um feixe de energia dourada percorrendo o seu terceiro olho.
Este feixe de energia, imagine agora fazendo o movimento do símbolo do infinito, (como se fosse o numero 8), porém deitado.
Este exercício é muito bom para ativar a clarividência e com a orgonite posicionada no terceiro olho, ficará ainda mais forte a prática.
Você pode se perguntar: Mas o que sinto é o orgonite ou a minha própria energia fluindo?
Para saber a diferença, faça este processo com a orgonite e depois sem. Você irá notar que com a peça posicionada todo o processo se dá com mais intensidade.

2) Aplique reiki enquanto segura a peça na sua mão.


Se você for reikiano de qualquer nível, você pode aplicar reiki na orgonite e este exercício fará com que você sinta de volta a energia da peça.
SIM você vai sentir a sua mão quente e formigando levemente ao aplicar reiki. Isso é o fluxo da energia atuando no seu corpo físico.
É então neste momento que você precisa se concentrar um pouco para sentir o campo de atuação da orgonite.
Este exercício se feito diariamente, lhe trará uma percepção muito aguçada para medir as peças, e com isso você ganha mais uma forma de medir o campo do orgonite.

3) Meditar segurando um orgonite ou colocando em volta de você.


Isso mesmo, sente-se aonde achar melhor… eu imagino num gramado com espaço suficiente para você colocar algumas orgonites em volta de você para ajudar no processo de meditação e elevação da sua energia. Ou simplesmente segure entre aos mãos uma peça.
Medite da sua melhor forma e entregue-se ao seu EU SUPERIOR… sinta a energia da peça fluir em você… e depois me conte.

 

4) Colocar debaixo do travesseiro.

travesseiro

Esta prática é muito boa e eu utilizo todos os dias…
Muitos vão dormir e nem vão lembrar de sonhos, pois a peça lhe proporciona um relaxamento profundo.
Em outros casos você terá sonhos mais lúcidos e até podendo ter projeções astrais com mais facilidade.
Se este é o seu caso, aproveite quando estiver fora do corpo para ver o orgonite no campo astral.

 

5) Colocar em algum ponto em que você esteja com dor física.

dor-nas-costas

Ex: dores nas costas… localize o ponto da dor e coloque uma orgonite ali. Eu recomendo que você faça isso deitado… tente ficar calmo neste momento para que a peça possa exercer o seu papel.
Ok, mas eu posso fazer olhando televisão ou outra atividade?
Claro que sim, porém a chance de você sentir a peça diminui na medida em que você ocupa sua mente para outro assunto.

Eu espero ter ajudado com estas dicas…
São simples, porém muito poderosas.

Se você gostou, comente e compartilhe nas redes sociais… Isso vai ajudar para que outras pessoas possam receber este conteúdo.

Sobre o autor | Website

Descobri os Orgonites em 2012 e me apaixonei pela técnica. Ajudo as pessoas a dominar um conhecimento que transformam suas vidas. Esta técnica pode ajudar o despertar interior, fazendo você ser mais criativo, intuitivo, possibilitando uma vida mais equilibrada e saudável.

Técnica artesanal que ajudou a Márcia Aparecida ter mais abundância e prosperidade financeira

Quero saber!
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!